quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

OS ENCANTOS TURÍSTICOS DO ESTADO DO PARÁ









A seqüência de fotos mostra o quão rico é o nosso Estado do Pará, verdadeiros paraísos ecológicos que se localizam pertíssimo da grande metrópole: o Sitio Pratiquara localizado na Ilha de Mosqueiro, sendo este um empreendimento privado de propriedade do Sr Nonato.
As trilhas no Sitio Paratiquara tem por objetivo valorizar o LOCAL como um produto turístico já comercializado, dentro do seguimento de Ecoturismo, promover a Educação Ambiental entre a população local, os visitantes de forma a preservar belezas da fauna e flora amazônica na Ilha do Mosqueiro.
 Este local prima pela preservação e conservação num espaço de natureza, fortalecendo o ecoturismo na Ilha de Mosqueiro, haja vista, que o proprietário emprega pessoas da própria comunidade, assim, Patrícia Costa (2002, p.31) relata que “é uma atividade econômica; promove o uso sustentável dos recursos; busca conscientização ambiental; envolve as populações locais.”
Em outra foto podemos ver os campos bragantinos que muito enobrecem a o Pólo Amazônia Atlântico, situado no nordeste do estado do Pará. Estes campos estão localizados em uma Unidade de Conservação, a qual, denomina-se RESEX, entretanto, o que é uma RESEX? Segundo Patrícia Costa RESEX é uma Reserva Extrativista, ou seja:

Reserva Extrativista é uma área utilizada por populações extrativistas tradicionais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e, complementarmente, na agricultura de subsistência e na criação de amimais de pequeno porte, e tem como objetivos básicos proteger os meios de vida e a cultura dessas populações, bem como assegurar o uso sustentável dos recursos naturais da unidade. (COSTA, 2002, p.35)

A RESEX na área em estudo abrange uma área de aproximadamente quarenta e dois mil, sessenta e oito hectares e oitenta e seis centiares, vem de Ajuruteua passando pela Vila Que Era. Na RESEX encontram-se áreas de várzea, campos, restingas e bosques de terra firme, que abrigam a maior biodiversidade de espécies vegetais e animais da reserva. Encontram-se populações tradicionais que sobrevivem de atividades ligadas ao modo de vida característico da região, como é o caso dos muitos oleiros que desenvolvem um trabalho com cerâmicas, artesanatos e outros.
As fotos também mostram a bela Ilha do Cumbú localizada em frente  a grande metrópole e o acesso se dá a partir da Praça Princesa Isabel onde há um amplo estacionamento para que as pessoas guardem os seus veículos a um preço razoável e de lá seguem num barco pagando um preço módico e atravessam a Baia do Guajará num percurso de 15 ou 20 minutos, do barco aprecia-se a bela paisagem de Belém que vai se distanciando a medida que vai se aproximando da referida ilha.
Lá chegando encontra-se o Portal da Ilha, um maravilhoso restaurante com comidas típicas, música, boas bebidas, boa recepção, trilhas e uma indescritível paisagem ecológica.
Realmente o nosso estado oferece encantos que desconhecemos, fica aqui a mensagem para que visitemos os nossos encantos maravilhosos!!!







2 comentários: